Aprendendo a seduzir - Patricia Cabot

Durante um baile, Lady Caroline Linford abre a porta de um dos cômodos e flagra seu noivo, o marquês de Winchilsea, nos braços de outra mulher. Para a sociedade vitoriana do século XIX, tais escapulidas masculinas eram normais, e cancelar o casamento seria impensável. O jeito, decide a jovem, é aprender a ser, ao mesmo tempo, a esposa e a amante, para que o marquês nunca mais tenha de procurar outra mulher fora do lar. Por isso, resolve tomar lições - teóricas, claro - sobre a arte do amor com o melhor dos professores: Braden Granville, o mais notório libertino de Londres. Logo nas primeiras aulas começam a voar faíscas e as barreiras entre professor e aluna caem.
Escrito por Meg Cabot, sob seu pseudônimo, esse romance vai mostrar que o amor escolhe seus próprios caminhos, sempre imprevisíveis.
Aprendendo a seduzir foi o primeiro livro de Patricia Cabot (que para quem não sabe é o pseudônimo da autora Meg Cabot - dedicado a livros mais calientes) que eu li e eu amei desde a sinopse, mas devo confessar que eu só decidi ler pois o titulo me chamou bastante a atenção. O livro é cheio de acontecimentos, com os personagens bem descritos, e com uma atmosfera única; Extremamente romântico, mas sem ser meloso.

Lady Caroline Linford é uma jovem moça ingênua, mas com um comportamento bastante decidido e um pouco ousado, da alta sociedade inglesa. Órfã de pai, com uma mãe bastante ligada ao quesito aparências e títulos, e um irmão que acaba de ser baleado e salvo pelo Marquês de Winchilsea, Hurst Slater, por quem ela jura estar apaixonada, e por estar grata por ter salvado Tommy ela aceita seu pedido de noivado.

Eis que Caroline acaba se deparando com seu noivo tendo relações intimas com outra mulher em uma das luxuosas festas da nobreza as quais costumava frequentar, mas ela não faz escândalo nem nada parecido, ela apenas sai dali tomando cuidado para que eles não a vejam. Com os últimos acontecimentos, Lady Caroline pensa em cancelar o casamento, mas sua mãe não deixa afirmando que isso é muito comum. Vendo que não poderá cancelar o casamento, ela decide reconquistar seu noivo, até porque ele salvou a vida de seu irmão.

No começo você pode até achar que Lady Caroline, será uma daquelas personagens sem graça, fraca, mas com o desenrolar da história você nota que ela é completamente o contrario. Apesar de que em algumas situações eu tive vontade de socar ela.

Como sabemos para as moças daquela época era comum se guardar para seu marido, entretanto, Caroline para aprender a seduzir seu noivo pede ajuda ao conhecido como Lothario¹ de Londres, Braden Granville

Braden, apesar da infância pobre hoje é um sucedido empreendedor na área de armas de fogo, porém é pouco aceito pela nobreza por ser um novo rico e o Lothario¹ de Londres, tenta-se inserir então através de seu noivado com Lady Jacquelyn, mesma mulher que estava com o Marques.

Com isso, vários acontecimentos são desencadeados, segredos começam a ser revelados e amores começam a surgir.

A narração em terceira pessoa faz com que você esteja presente em todos os momentos da história e saiba todos os pensamentos e sentimentos de todos os personagens. 

E nem preciso dizer que senti aquelas famosas borboletinhas voando na minha barriga em alguns momentos de Branden e Caroline.

Ótimo livro. Recomendo até mesmo para quem nunca leu nada da autora, assim como eu.
Classificação:
Onde Comprar:

2 comentários:

  1. nao vejo a hora de ler o livro, mt boa a resenha

    ResponderExcluir
  2. eu acho a capa desse livro incrivel, gostei muito !!

    ResponderExcluir

Obrigada por visitar nosso blog, aproveite e deixe um recadinho para nós.

P.S.: Não divulguem seus dados pessoais.
P.S.²: Seja educado.